Ubajara Notícias

Partido de Capitão Wagner é investigado em operação da Polícia Federal, que investiga esquema de desvio de fundo eleitoral

O Pros, partido do deputado federal e candidato a prefeito de Fortaleza, Capitão Wagner, foi alvo nesta segunda feira(14), de uma operação da Polícia Federal, que investiga um esquema de desvio de fundo eleitoral por supostos candidatos laranjas na eleição de 2018.

Segundo a PF, o partido presidido por Capitão Wagner no Ceará, teria destinado R$274 mil para a campanha de Débora Ribeiro nas eleições de 2018, mas a candidatura só recebeu 47 votos.

Os investigadores apontam que cada voto recebido pela candidata, custou R$5.844,50 aos cofres públicos. No Ceará, o valor média de cada voto é de R$5,97.

De acordo com o órgão, a investigação foi instaurada pela Procuradoria Regional Eleitoral no Ceará.

Até o momento, Capitão Wagner não quis se pronunciar sobre o fato.