Ubajara Notícias

Camilo Santana diz que ficou assustado com as aglomerações e que irá intensificar a fiscalização no estado

Governo do Estado intensificou a fiscalização para evitar aglomerações na capital cearense durante a fase 1 do plano de retomada da economia estadual. A informação foi confirmada pelo governador Camilo Santana, que se disse assustado com as imagens de aglomerações que viu nos dois primeiros dias da nova etapa da reabertura.

Nesta terça (9), a Agência de Fiscalização de Fortaleza (Agefis) fechou 11 estabelecimentos comerciais foram no Centro da cidade por funcionamento em horário não permitido (antes das 10h ou após as 16 horas), orientou 46 ambulantes a desocuparem praças e calçadas e atuou em 5 shoppings da cidade para verificar o cumprimento das medidas preventivas.

Os agentes também realizaram o ordenamento de filas de lojas e de agência bancárias, com distribuição de máscaras e de álcool gel 70% e orientações a cerca de 400 pessoas. A ação foi realizada ainda na Av. Beira-Mar, entre o Mercado dos Peixes e a Praia de Iracema.

Desde o dia 1º de junho, 79 lojas foram fechadas por descumprimento ao decreto de isolamento social. Cerca de 2.500 pessoas são abordadas por dia no entorno de agências bancárias e lotéricas. A Agefis também faz a distribuição, diária, de 5.000 máscaras de tecido do projeto “Todos com Máscara

Fonte: G1/CE