Ubajara Notícias

Sérgio Moro pede demissão do cargo de ministro após Bolsonaro exonerar sem justificativa o diretor geral da PF

Ex ministro Sérgio Moro disse ter o dever de proteger a instituição da PF, por isso afirmou ter buscado uma solução alternativa para o comando da corporação, o que não conseguiu. “Fiquei sabendo pelo Diário Oficial, não assinei esse decreto.” O agora ex-ministro disse que isso foi algo “ofensivo” e que “foi surpreendido”. “Esse último ato foi uma sinalização de que o presidente me quer fora do cargo.
E decidiu pedir demissão do cargo.

Deputado Capitãoo Augusto (PL-SP), egresso da polícia militar, não conseguia acreditar nas notícias sobre a saída de Sergio Moro (Justiça), pouco antes do anúncio do ministro, na manhã desta sexta(24).

“Vai ser um desastre completo, é o princípio do fim deste governo”, disse. “Moro é popular, está na galeria dos heróis contemporâneos, que nem Bolsonaro, nem Paulo Guedes fazem parte”.

O deputado afirma que o apoio da bancada, formada por mais de uma centena de parlamentares, ao presidente deve diminuir muito sem Moro.