Ubajara Notícias

90 reservatórios ganham recarga de 33 milhões de m³ de água; e o número de açudes sangrando passa para 17 no Ceará

Dados da Companhia de Gestão dos Recursos Hídricos (Cogerh) mostram que 90 reservatórios do Ceará registraram aportes de quarta-feira (4) para quinta-feira (5), conforme mais recente boletim do órgão. Segundo a Companhia, a recarga total nesse período foi de 33 milhões de metros cúbicos. No acumulado deste ano, a recarga já chega a 625,23 milhões de metros cúbicos.

Sangrias

O Estado contabiliza 17 açudes sangrando atualmente. O último a transbordar foi o Açude Gomes, localizado no município de Mauriti, na Região do Cariri do Estado.

Os açudes que estão acima de 100% de sua capacidade são: Gameleira (102,1%); Tucunduba (101,38%); Quandu (101,26%); Itapebussu (109,59%); Itaúna (100,87%); Jenipapo (100,08%); São Vicente (100,12%); Acaraú Mirim (103,64%); Tijuquinha (100,27%); Acarape do Meio (100,99%); Germinal (100,55%); São Pedro Timbaúba (100,43%); Várzea da Volta (102,64%); Colina (104,25%); Sobral (100,52%); Caldeirões (100%) e Gomes (100,26%).

Os maiores açudes do Ceará, no entanto, seguem em situação crítica. O Castanhão, principal reservatório a abastecer a Grande Fortaleza, tem apenas 2,96% da capacidade máxima. Já o Orós, segundo maior açude do estado, tem 4,75% do volume máximo. Ainda existem 89 reservatórios com os seus volumes abaixo dos 30%.