Ubajara Notícias

Chuvas renovam as esperanças do povo cearense

Hoje o dia foi de alegria e esperança renovada na Serra da Ibiapaba, Nesta época do ano, quando ocorrem as primeiras chuvas, o tom cinza das matas, transforma-se em um verde vivo e viscoso. A natureza se renova, mostra o poder de mudança da Caatinga, que, em linguagem indígena, significa mata branca. A vida torna-se mais alegre no campo, com o crescimento das lavouras tradicionais de feijão, milho, maracujá, tomate, arroz, macaxeira e jerimum.

Quando chega o período da quadra invernosa, as chuvas da madrugada deixam as manhãs frias. O entardecer torna-se mais alegre, com o cheiro de terra molhada se espalhando pelo campo e misturando-se ao aroma das flores nativas. A natureza se renova, no ciclo permanente, a cada ano.

Os cactos e mandacarus perdem destaque com o verde de outras plantas nativas ocupando a vegetação característica do sertão. As terras preparadas, reviradas para o plantio, se sobressaem com o tom marrom. O solo é cultivado, até que a lavoura o encubra. Em dias de chuva e quando o céu permanece nublado, o sertão se transforma mais ainda, fazendo com que a sua gente esqueça os intermináveis meses de secura, intenso calor e, ainda, aridez.