Ubajara Notícias

Ceia de Natal sofre aumento de até 30%


[10/12 10:23] Igor Vieira: O peru de Natal e os cortes de frango e suíno típicos das festas de fim de ano ficarão bem mais caros na ceia de 2019. As alternativas, como bacalhau e churrasco, tampouco darão alívio. Pelo contrário. A valorização do dólar encareceu o peixe importado e, para os amantes de picanha, a disparada dos preços do gado – resultado da crescente demanda da China -, é a má notícia e já teve reflexos nos preços da carne.
Indústrias relevantes nesse mercado, a BRF – dona das marcas Sadia e Perdigão -, a Seara e a catarinense Aurora Alimentos reajustaram os preços dos produtos natalinos em até 30% em relação ao ano passado. Líder, a BRF aumentou os preços entre 15% e 18%, disse ao Valor Manoel Martins, diretor comercial de autosserviço da BRF no Brasil. A Aurora reajustou o preço dos produtos natalinos de aves na mesma magnitude, mas nos cortes de suínos o aumento foi maior, de 25% a 30%.

De acordo com Leomar Somensi, diretor comercial da Aurora, os preços da carne suína (lombo, tender, entre outros) subiram em razão da maior demanda externa, que reduziu a disponibilidade interna. O aumento das exportações à China, país que sofre com a epidemia de peste suína africana, é o principal motivo.