Ubajara Notícias

Fortaleza enfrenta Athletico/PR fora de casa tentando fim de jejum

Tricolor busca encerrar sequência de três partidas sem vitórias e melhora de desempenho sob comando de Zé Ricardo, que obteve apenas um triunfo

A maratona do Brasileirão começou. Agora, com jogos em fins e meios de semana, não há vitória que possa ser muito celebrada nem derrota que possa ser muito lamentada. É necessário assimilar rapidamente os resultados e mostrar poder de reação. E é exatamente o que o Fortaleza precisará exibir hoje (26), às 21h30min, quando pisar o gramado da Arena da Baixada, para enfrentar o Athletico/PR.

“O bom é que se você perde no fim de semana, já pode ter uma resposta logo na quarta ou quinta. A gente até prefere”, revelou o atacante Wellington Paulista, que retorna após cumprir suspensão.

Além dele, o goleiro Marcelo Boeck e o volante Juninho também voltam ao time titular. Os dois ocuparão as vagas deixadas por Felipe Alves e Felipe, que estão suspensos. Ídolo da torcida, o camisa 1 mostrou empolgação para fazer o segundo jogo como titular no Brasileirão e revelou a estratégia para frear o Furacão.

“Novamente tem que começar tudo do zero, tem que fazer o trabalho como se estivesse chegando agora, mas eu gosto desse tipo de desafio, acredito que somos capazes de fazer nesse momento o que as pessoas veem como adverso. A gente tem que fechar nossa casinha. Precisamos ter a sabedoria e a experiência de que nesse momento, nós precisamos fazer um jogo muito seguro, pés no chão, sabendo que em algum lance, em algum momento, a gente pode fazer gols, mas primeiro a gente não tem que sofrer”.

Jejum incômodo

Com a derrota por 1 a 0 para o Palmeiras, no último domingo, o Tricolor atingiu a marca de três jogos sem vitórias. Além disso, o técnico Zé Ricardo tem pressão ainda maior, tendo em vista que só venceu um jogo dos seis que comandou a equipe.

O Leão do Pici se apega aos recentes resultados conquistados fora de casa para surpreender o Furacão, já que não perdeu nas últimas três vezes que atuou fora do Estado, com vitória sobre o CSA (2 a 0) e empates contra Santos (3 a 3) e Bahia (1 a 1).

O adversário de hoje, entretanto, promete dificuldades. O Athletico/PR vem embalado pelo recente título da Copa do Brasil e a partida marcará o reencontro do elenco com os torcedores após a conquista inédita. Dono de estilo dominante quando atua em casa, o Furacão venceu seis dos nove jogos que disputou na Arena da Baixada e aposta na força que tem jogando diante do seu torcedor. Publicado  no  Diário  do Nordeste.