TRE mantém nulidade de diploma de prefeito e vice de Tianguá, interior do Ceará; novas eleições serão convocadas

Presidente da Câmara dos vereadores assumirá prefeitura até realização de novo pleito eleitoral.

O Tribunal Regional Eleitoral do Ceará (TRE-CE) manteve, nesta segunda-feira (9), por unanimidade, a anulação dos diplomas do prefeito de Tianguá, José Jaydson Saraiva de Aguiar, e do vice, Mardes Ramos de Oliveira. Conforme o órgão, a decisão será publicada ainda nesta semana no Diário de Justiça do Estado. Após a publicação, o presidente da Câmara de Vereadores do Município, Franscisco Cleber Fontenele Silva, assumirá a prefeitura até a realização eleições suplementares.

Nesta segunda, o Pleno do Tribunal rejeitou os embargos de declaração apresentados pela defesa de José Jaydson, que tentavam reverter a decisão de anulação dos mandatos do prefeito e do vice de Tianguá, proferido no dia 20 de agosto pela corte. No entanto, os magistrados seguiram o voto do relator, juiz José Vidal Silva Neto, e julgaram os recursos improcedentes, mantendo a decisão anterior. Publicou o G1