Ubajara Notícias

Modelo Najila Trindade é indiciada por extorsão e fraude processual após acusar Neymar de estupro

O ex-marido da modelo, Estivens Alves, também foi denunciado por fraude processual e divulgação de conteúdo erótico

A modelo Najila Trindade Mendes de Souza foi indiciada, na manhã desta terça-feira (10), por extorsão, fraude processual e denúncia caluniosa após acusar o jogador Neymar de estupro. A investigação é da Polícia Civil de São Paulo. As informações são do portal G1.

Najila ficou conhecida após denunciar Neymar por um suposto abuso sexual cometido contra ela no dia 15 de maio, em Paris, na França. O ex-marido da modelo, Estivens Alves, também foi denunciado por fraude processual e divulgação de conteúdo erótico.

Indiciamento

Dois inquéritos policiais estavam sob os cuidados do 11ºDP (Santo Amaro) envolvendo o jogador Neymar.

As peças são desdobramentos do caso investigado e encerrado junto à 6ª Delegacia de Defesa da Mulher.

O caso
A modelo chegou a dizer em junho que o jogador a segurou violentamente, bateu e cometeu o ato se o uso de preservativo.

“Ele me segurou violentamente, me bateu, e cometeu o ato sem preservativo. Ele me estuprou”, relata. Ela disse que foi até Paris com a intenção de ficar com o jogador, de forma consensual, mas tudo mudou quando Neymar começou a ficar agressivo.

Em entrevista ao programa Cidade Alerta, da TV Record, o pai de Neymar afirmou que a suposta agressão ocorrida em um quarto de hotel em Paris foi na verdade um to para o jogador se defender e evitar ser atingido por uma garrafa de vinho. Publicou o Diário do Nordeste.