Prefeitos de São Gonçalo, Quixadá e Viçosa investigados por irregularidades administrativas

Os prefeitos de São Gonçalo do Amarante, Cláudio Pinho, de Quixadá, Ilário Marques, e de Viçosa do Ceará, Zé Firmino, estão entre os 26 gestores municipais que respondem por processo no Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE). O levantamento foi feito pelo Diário do Nordeste desta segunda-feira (13).

Segundo a publicação os casos mais comuns são de improbidade administrativa e elo menos seis prefeitos respondem por irregularidades com a máquina pública. “Na sequência, vêm casos que envolvem crime de responsabilidade, processos de afastamento do cargo, danos morais, calúnia, nepotismo, crimes contra o meio ambiente, entre outros”.

Por serem prefeitos, os processos tramitam na segunda instância em segredo de Justiça.

Em tempo

O prefeito de Cedro, Nilson Diniz, que também é presidente da Associação dos Municípios do Estado do Ceará (Aprece), está entre os que respondem processos no TJCE. Ele precisa vir a público em que está enrolado.

Em tempo II

Confira quais municípios têm prefeitos que precisam dar explicações à Justiça: Acarape, Acopiara, Aiuaba, Ararendá, Assaré, Banabuiú, Beberibe, Canindé, Cariré, Carnaubal, Cedro, Ibiapina, Iracema, Maracanaú, Novo Oriente, Paracuru, Pentecoste, Pereiro, Quiterianópolis, Quixadá, Russas, São Gonçalo do Amarante, São Luís do Curu, Sobral, Tururu e Viçosa do Ceará.