Mulher veda cadeados com cola em Ubajara e causa revolta

Um caso inusitado de vandalismo pegou os Ubajarenses de surpresa nesta segunda-feira (15). Prédios públicos, comércios e até residências tiveram os seus cadeados colados. Contabilizamos mais de 30 locais que tiveram os seus portões vedados.

O empresário Aristenes Alves está decepcionado e espera que as autoridades tomem providências sobre o caso. “Tive que quebrar meus dois portões por causa desse ato de maldade. Começar a semana com um prejuízo desses é muito triste, irei fazer um B.O”, afirma.

A Câmara Municipal, Prefeitura, secretaria de saúde e cultura não escaparam do ato de vandalismo. Escolas públicas, privadas e até residências foram alvos da atitude criminosa.

Câmeras de segurança das empresas filmaram a ação da mulher. De acordo com os comerciantes a suspeita foi embora da cidade ainda na madrugada de hoje.