Seis suspeitos de assaltos são mortos em confronto com a polícia em Palmácia, no Ceará

Um confronto entre policiais e suspeitos de cometeram assaltos terminou com seis mortos na cidade de Palmácia, no Maciço de Baturité, no Ceará. Outras quatro pessoas ficaram feridas na ação, ocorrida por volta das 5 horas desta quinta-feira (24), incluindo dois policiais. A ação ocorre em meio à onda de violência no estado, que já chega à 22ª noite, com 240 ataques registrados. Não há confirmação oficial sobre a relação entre os ataques e a troca de tiros.

Os feridos foram socorridos, mas o estado de saúde deles não foi informado. A Perícia Forense do Ceará (Pefoce) foi acionada em Fortaleza para recolher os corpos dos suspeitos, que já foram retirados do local do confronto e levados ao hospital da cidade.

Segundo uma fonte da polícia, os mortos estavam realizando assaltos na cidade e reagiram ao serem surpreendidos por agentes do Comando Tático Motorizado (Cotam) e do Batalhão de Policiamento de Rondas e Ações Intensivas e Ostensivas (BPRaio) no local onde estavam escondidos.

Cinco revólveres, duas espingardas, munição e celulares que estavam com os suspeitos mortos foram apreendidos após o confronto.

Cidade teve chacina em 2018

Em julho de 2018, cinco pessoas foram assassinadas em Palmácia. A chacinha aconteceu na comunidade de Cafundó, no limite com a cidade de Maranguape, na Grande Fortaleza. Os corpos foram achados em um matagal, com as mãos atadas nas costas e marcas de tiro na cabeça.

Três dos cinco mortos eram de uma mesma família, um pai e dois filhos. Uma sexta pessoa, que seria o principal alvo dos criminosos, fugiu do local.