Ubajara Notícias

Moraes critica PSL ter direito a R$ 110 mi de fundo e defende reforma política

O ministro do STF, Alexandre de Moraes, participa encontro em comemoração aos 30 anos da Constituição Federal, na Faculdade de Direito da USP

O ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), criticou a legislação que permite ao PSL, partido do presidente eleito, Jair Bolsonaro, ter direito a R$ 110 milhões em recursos públicos no próximo ano. Em palestra na Associação Comercial de São Paulo (ACSP), o ministro defendeu uma “reforma política séria” que fortaleça o Legislativo e diminua o número de siglas partidárias no Brasil.