Ubajara Notícias

Governo do Estado entrega restauração da CE-187 que liga Ubajara a Tianguá

Foi entregue oficialmente na manhã desta quarta-feira (25), a estrada que liga o município de Ubajara a Tianguá. Por causa do período eleitoral, o governador Camilo Santana não pode está presente, no entanto, o Chefe de Gabinete Nelson Martins esteve representando o governo do estado.

A restauração de 25,67 km da rodovia CE-187, foi uma intervenção contemplada pelo Ceará de Ponta a Ponta: O Programa de Logística e Estradas do Ceará. O trecho recebeu serviços de pavimentação, revestimento asfáltico, obras d’artes correntes, drenagem, sinalizações vertical e horizontal e proteção ambiental. A rodovia passou, ainda, por alargamento de plataforma, passando de 7 para 10 metros, com duas faixas de rolamento de 3,5m cada e acostamentos de 1,5m. O investimento total foi de R$ 19.737.703,23, com recursos do Tesouro do Estado e do Banco de Interamericano de Desenvolvimento (BID), por meio do Programa de Desenvolvimento do Turismo (Prodetur).

Nelson Martins falou ao Ubajara Notícias quais os benefícios que está obra trará para a região da Ibiapaba.. “Essa ampliação da estrada saindo do Ipu, chegando até Viçosa, do outro lado da Ibiapaba, passando por Guaraciaba, São Benedito, Ubajara, Ibiapina, Tianguá e chegando até Granja e de lá pertinho de Camocim, isso é um instrumento de desenvolvimento muito grande, tanto para a produção agrícola, quanto para o turismo e com isso gerando emprego para a população”, afirmou.

De acordo com o Vice-prefeito Adécio Muniz, essa obra que liga toda a Serra da Ibiapaba, vai trazer grandes investimentos para o município. Destacou a conquista da nova estrada que vai cortar a cidade, que irá valorizar outra parte do município que antes estava esquecido.

O prefeito Renê Vasconcelos aproveitou para agradecer ao governador do estado e falou com exclusividade aos Ubajara Notícias sobre o andamento do hospital municipal. “O hospital está em ritmo de obra acelerado, a demora foi por causa da aprovação do projeto, que passa por um processo rigoroso. Já temos 35% da execução concluída, pois o hospital está sendo além de reformado, duplicado, então até fevereiro de 2019 queremos entregar para a população este bem público”, concluiu.