Ubajara Notícias

Caminhoneiros da Serra aderem greve e interditam CE em Ibiapina

Na noite desta quinta-feira (24), a CE 187, na saída de Ibiapina para Ubajara, os caminhoneiros aderiram a greve e interditaram parcialmente a via para caminhões de carga. O Trânsito de outros veículos está fluindo normalmente até o momento.

Desde segunda-feira, cerca de 500.000 caminhoneiros promovem uma série de protestos pelo Brasil e bloquearam trechos de 270 rodovias federais e estaduais para protestar contra alta de de 50% no preço do diesel desde julho passado.

A ação resultou em desabastecimento de alimentos, inclusive pães na rede McDonald’s e batatas em sacolões, restrição no transporte público de capitais e até de voos domésticos e internacionais que partiriam de seis aeroportos.

Com o Governo sem nada a oferecer de concreto ao grevistas e diante de uma possível ampliação do problema, o presidente da petrolífera, Pedro Parente, foi obrigado a recuar. Anunciou, em entrevista coletiva, que o preço do óleo diesel se reduzirá em 10% nas refinarias pelo período de 15 dias. Isso representa cerca de R$ 0,20 centavos por litro como um gesto de “boa vontade”. “São 15 dias para que o Governo converse com os caminhoneiros.” Ele rejeitou ter sofrido pressões. Disse apenas que a estatal fez uma análise “realista” do cenário.

Apesar da alteração, não há garantia de que os protestos serão suspensos. O pleito inicial dos manifestantes era de que, por meio da isenção de tributos, a diminuição do preço fosse de R$ 0,60 a R$ 0,80. Temer chegou a pedir uma trégua “de dois ou três dias” aos caminhoneiros para que se chegassem a um consenso sobre o assunto.