Ubajara Notícias

Por 10 votos a 5, denuncia contra prefeito interino de Tianguá é aceita


A Câmara Municipal de Tianguá, na serra da Ibiapaba, optou pelo afastamento do prefeito interino da cidade, o vereador Valdeci Vieira de Azevedo, em votação ocorrida na noite desta quarta-feira (23), durante sessão ordinária.  O que motivou o afastamento foi uma denúncia de falta de decoro e ato de improbidade, protocolada pelo eleitor Francisco Jacinto de Sá, referente ao período em que o denunciado presidia o poder legislativo.No documento, o denunciante argumenta sobre supostas irregularidades cometidas durante a gestão de Valdecí a frente da presidência da Câmara Municipal. Esta foi a terceira denúncia apresentada contra Valdeci Vieira que exerce a função de prefeito interino, pois Tianguá terá uma eleição suplementar para Prefeito e Vice em 3 de Junho.

Em uma seção tensa, os parlamentares votaram inicialmente a aceitação da denúncia, cujo resultado foi de dez votos favoráveis e cinco contrários. Na sequência, foi votado o afastamento, que recebeu dez votos favoráveis, exatamente o número necessário para que o pedido fosse aprovado.

Apesar de afastado das funções, o vereador e prefeito interino pode apresentar sua defesa á Comissão formada no Poder legislativo para apurar a denuncia. Na manha desta Quinta-feira a Câmara deverá notificar ao juízo eleitoral da 81ª Zona de Tianguá sobre o afastamento. Existe a possibilidade de que o Juiz de direito, Dr. Eduardo Braga assuma interinamente a Prefeitura de Tianguá até posse do próximo prefeito. Valdeci Vieira ainda pode recorrer do afastamento solicitando um mandado de segurança.

 

Ibiapaba 24h