Ubajara Notícias

Missa de 7º dia de motorista da Uber é celebrada em Paróquia de Fortaleza

Guilherme tinha 22 anos (FOTO: Reprodução/Facebook)

Amigos e familiares de Guilherme Maia, motorista da Uber, que foi assassinado no último domingo (23), se reuniram na missa de sétimo dia realizada na igreja na Paróquia Nossa Senhora de Salete no Bairro Bela Vista, em Fortaleza, no último sábado (29).

Ainda comovidos com o fato, os amigos, companheiros de Uber e familiares se emocionaram durante a celebração do jovem que morreu no bairro Ancuri, próximo a residência Alameda das Palmeiras.

O caso

Guilherme e Silva Maia, de 22 anos, teria sido morto a tiros ao não obedecer ordens de criminosos da região, conforme o presidente da Associação dos Motoristas Privados Individuais de Passageiros do Ceará (Ampip-CE), Antônio Evangelista.

Para entrar no condomínio Alameda das Palmeiras, seria necessário baixar os vidros e ligar a luz interna do veículo. “Provavelmente, ele não conhecia essas regras”, diz Antônio Evangelista, que não soube informar se Guilherme trabalhava no momento em que foi assassinado.

Tribuna do Ceará