Ubajara Notícias

Sem quórum, Câmara adia leitura do relatório da denúncia contra Temer para segunda

 

A Câmara dos Deputados adiou para a próxima segunda-feira (17) a leitura do parecer da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) que recomenda a rejeição da denúncia contra o presidente Michel Temer (PDMB) por falta de quórum. Apenas 19 deputados federais apareceram na Casa hoje, era necessária a presença de pelo menos 51 para que a sessão fosse aberta.

O adiamento foi articulado pela oposição, que liberou seus membros para comparecerem ou não, visando a levar a votação para agosto, após o recesso parlamentar. No entanto o Palácio do Planalto também já conversa sobre deixar a votação para o próximo mês. Entre os opositores, a estratégia é ganhar tempo para o surgimento de uma nova bomba contra o Temer, nesse caso, cada dia ganho é importante.

Já a base aliada do governo quer mais tempo para negociar com cada deputado o voto favorável no Plenário. Temer e ministros mais próximos estão negociando a liberação de emendas parlamentares para conseguir votos e escapar da denúncia por corrupção passiva apresentada pelo procurador-geral da República, Rodrigo Janot.

Ceará News