Ubajara Notícias

Lula pede para que depoimentos do caso Odebrecht sejam incluídos no processo do tríplex

Lula moro audiência frente a frente acervo presidencialCom os autos do processo em que Luiz Inácio Lula da Silva é acusado de receber propina da OAS através da compra de um apartamento tríplex no Guarujá conclusos para sentença desde o dia 21 de junho, o juiz federal Sérgio Moro terá que tomar uma outra decisão antes de apontar se condena ou absolve o ex-presidente da República.

A defesa de Lula protocolou, nesta segunda-feira, petição para que depoimentos concedidos em outro processo que tem o ex-presidente como réu sejam “emprestados” à ação penal do tríplex porque “demonstram diversas inconsistências das hipóteses acusatórias comuns à acusação desta ação penal”.

A defesa de Lula justifica com a jurisprudência do STJ que entende que a prova emprestada pode ser utilizada para subsidiar o entendimento do Juízo quando tenha sido colhida originariamente com a participação da defesa técnica do acusado e não configure único elemento a embasar a motivação da decisão judicial.

Assim, a defesa de Lula pede para que sejam incluídos no processo os depoimentos de Jorge Gerdau Johannpeter, Bruno Boetger, Pérsio Dangot, Glenn Mallett, João Paulo Torres, Patrícia Moraes, Graciema Bertoletti, Antonio Romualdo Galliez Pinto da Silva e Fábio Gabai Puga, prestados na última semana, no processo em que o ex-presidente é acusado de receber vantagens indevidas da Odebrecht, através da compra de um terreno que serviria de sede para o Instituto Lula e de um apartamento em São Bernardo do Campo, vizinho à residência de Lula.

Parana Portal