Ubajara Notícias

STF manda para o Ceará delação da JBS referente a Cid Gomes

OMinistério Público Federal (MPF) no Ceará recebeu nesta sexta-feira (23) o processo do Supremo Tribunal Federal (STF) referente ao recebimento de R$ 24,5 milhões em propina por Cid Gomes da JBS. A qualquer momento ele pode ser denunciado à Justiça e ter decretado o pedido de prisão preventiva.

Também estão na linha de frente da investigação os operadores que negociaram o dinheiro, como o deputado federal e secretário de Relações Internacionais , Antônio Balhmann, e todos que deram notas frias para esquentar o dinheiro da propina, como o ex-marqueteiro de Cid, Manoel Canabarro.

Com a homologação da delação da JBS ontem pelo STF, Cid não tem mais como fugir da Lava Jato.

Entenda

Em delação premiada, Wesley Batista, um dos donos da JBS, disse que o ex-governador Cid Gomes recebeu da JBS R$ 24, 5 milhões em propina, nos anos de 2010 e 2014.

Em 2014, R$ 20 milhões foram pagos da seguinte forma: R$9,8 milhões por meio de notas fiscais falsas frias de diversas empresas; e  R$ 10,2 milhões por meio de doações oficiais para vários candidatos.

Também houve pagamento de propina em 2010: R$ 4,5 milhões. Sendo R$ 3,5 milhões em notas frias e R$ 1 milhão via doação oficial.

Ceará News 7