Ubajara Notícias

Presidente do PDT é incluído em lista de investigados por receber propina

As tentativas de Ciro Gomes de chegar ao Palácio do Planalto começaram em 1998, mas nunca deram certo. Sempre seu nome fica enrolado, direta ou indiretamente, a algum escândalo que mela tudo.

A última, agora, é que Carlos Lupi, presidente do atual partidos dos FGs, e que dá total apoio a Ciro nas eleições de 2018, está enrolado em maracutaias.

O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, pediu ao Supremo Tribunal Federal a inclusão do nome de Lupi e de mais 10 pessoas como investigadas em inquérito aberto que compra de apoio de partidos aliados, em 2014, a fim de garantir maior tempo de TV para a chapa de Dilma Rousseff e Michel Temer.

O apoio, claro, teria sido firmado por pagamento de propina.

Meus irmãos

Ciro disse em entrevista à BBC, em Londres, que todos de sua família são honestos, mas esqueceu que Cid é réu por fazer empréstimo ilegal no BNB; está enrolado por crime ambiental e terá que pagar R$ 6 milhões em multa; e por último, mas não menos importante, recebeu R$ 24,5 milhões em propina da JBS.

Ivo também não fica para atrás, ou Ciro não se lembra do escândalo Marclos Villas-Bôas, em Sobral?