Ubajara Notícias

Quadrilha explode agência bancária em Miraíma

Image-0-Artigo-2250286-1
Os suspeitos conseguiram levar o dinheiro, conforme a PM. Desde 2011, esse é o terceiro ataque registrado no Município, segundo o Sindicato dos Bancários

Mais de dez homens sitiaram a cidade de Miraíma (a 190Km de Fortaleza), explodiram uma agência do Bradesco e fugiram com o dinheiro, na última quarta-feira (31). Ninguém foi preso até ontem. Com esta ocorrência, chega a 28 o número de ataques a instituições financeiras, no Ceará, neste ano.

De acordo com informações de policiais militares lotados em Itapipoca, o bando chegou ao município em três veículos e se posicionou em lugares estratégicos para sitiar a cidade. Os criminosos fizeram populares de reféns para se defender de possíveis reações da Polícia e entraram na agência bancária, onde usaram explosivos para destruirem os caixas eletrônicos.

A Polícia apurou que a quadrilha conseguiu levar o dinheiro, mas o valor não foi revelado. Após o crime, os assaltantes fugiram no sentido da localidade de Poço da Onça, ainda em Miraíma. De acordo com a PM, o grupo estava fortemente armado, com fuzis. Um dos carros utilizado pelo bando foi abandonado e incendiado, na estrada, para impedir a perseguição policial.

Policiais lotados em cidades vizinhas foram acionados para a ocorrência e realizaram diligências durante o dia de ontem, mas não localizaram a quadrilha.

Miraíma não tinha sido alvo de assaltos a bancos neste ano. Mas, desde 2011, esse é o terceiro ataque registrado no Município, conforme dados do Sindicato dos Bancários do Ceará.

Balanço

Este foi o 28º ataque a instituições financeiras do Estado, em 2017. A última ação havia acontecido, no dia 24 de maio, em Aratuba (132Km de Fortaleza). De acordo com a Polícia Civil, um bando armado invadiu um posto avançado do Bradesco e obrigou o gerente a abrir um caixa eletrônico. Em seguida, os criminosos fugiram levando cerca de R$ 200 mil.

Diário do Nordeste