Ubajara Notícias

PF investiga destino dos 170 kg de pasta de cocaína

Resultado de imagem para pasta de cocaina
Reprodução

A Polícia Federal (PF) está investigando para onde iria os 170 quilos de pasta base de cocaína apreendidos em operação conjunta da Polícia Federal (PF) e da Polícia Rodoviária Federal (PRF), na tarde do último sábado (27), na BR-116, em Chorozinho. A Delegacia de Repressão a Entorpecentes (DRE), da PF, investiga o caso. A carga de entorpecente estava em um caminhão que vinha de outro estado. O motorista do veículo foi preso e autuado em flagrante por tráfico interestadual de drogas.

Segundo a assessoria de comunicação da Polícia Federal, o setor de investigação da PF passou informações para a Polícia Rodoviária Federal de que iria chegar, em Fortaleza, um caminhão carregado com drogas. Os policiais rodoviários montaram uma barreira no posto da PRF, em Chorozinho, e pararam o caminhão suspeito, por volta de 13h30 de sábado.

Na abordagem, foram encontrados aproximadamente 170 kg de pasta base de cocaína, na cabine do veículo. Segundo policiais rodoviários, o caminhão é de Ji-Paraná, município de Rondônia. Entretanto, o delegado plantonista da PF Wagner Sales afirmou que a droga estava sendo trazida do Sul do País. O caminhão ainda estava com a documentação irregular, de acordo com o delegado federal.

A droga e o caminhão apreendidos e o motorista detido, que não teve a identidade divulgada, foram levados até a sede da Superintendência da Polícia Federal no Ceará, no Bairro de Fátima, em Fortaleza.

Diário do Nordeste