Ubajara Notícias

Vereador Cláudio Mesquita critica a escolha do novo Secretário de Agricultura de Ubajara; Betão rebate

Vereador Cláudio Mesquita não perdeu a chance de criticar a nomeação para a Secretaria de Agricultura de Ubajara (Foto: Arquivo Pessoal)O pronunciamento do presidente da Câmara de Ubajara, Grijalva Costa, nesta sexta-feira (26), que anunciava o ex-vereador Eriberto Evangelista de Santana como o novo Secretário de Agricultura do município, desagradou até os vereadores da base do prefeito.

O edil Cláudio Mesquita, forte aliado do gestor municipal, teceu criticas quanto à decisão da escolha.  “Fiquei surpreso, acho que a pasta da Secretaria de Agricultura, não que eu seja contra a pessoa que irá assumir, mas seria muito importante que o Ari juntamente com o Renê, tivesse escolhido uma pessoa que entenda do assunto de agricultura”, disse.

O vereador ainda continuou dizendo que antes da política, quem seria escolhido para assumir esse cargo, era um representante do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Ubajara e que estava muito decepcionado. “Não é que eu seja da base que eu vou engolir isso, infelizmente meu amigo Ari juntamente com o prefeito Renê foram muito infelizes em escolher a pessoa que não sabe o que é uma agricultura”, afirmou Claúdio Mesquita.

Confira o áudio:

 

Isso foi um tapa na minha cara, do meu irmão presidente do sindicato, no sindicato, na população e nos vereadores – Cláudio Mesquita

Entramos em contato com o ex-vereador Betão e  ele afirmou que as críticas sempre vão existir. “Não sou nem pior nem melhor que o Emílio, vou fazer o trabalho que eu puder. Tenho muito é que trabalhar, não vou obrar milagres, no entanto vou fazer o que é possível para melhor a vida do agricultor”, disse.

Entenda o caso

O  vereador Emílio Oliveira foi convidado para ser Secretário de Agricultura, Indústria e Comércio no início deste ano e aceitou a proposta. Porém, teve que pedir licença para assumir o cargo. Ficaria em seu lugar o primeiro suplente, o vereador Janicélio Moita de Aguiar, mas esse assumiu a secretaria de educação. O próximo da linha sucessória foi o vereador Eriberto Evangelista, conhecido popularmente como Betão.

Emílio Oliveira retornou para a câmara municipal neste mês de maio e o suplente Betão, teve que sair. No entanto, o que aconteceu foi somente uma troca de cargos, uma cadeira na câmara, pela pasta de agricultura.