Ubajara Notícias

Cearense aprende a se maquiar no escuro e desenvolve técnica para pessoas cegas

maquiagem-deficiente-visual-1-e1493150275181
A amiga de Themis participa da série “Beleza para todos”. (FOTO: Reprodução/YouTube)

Olhar-se na espelho, passar uma máscara de cílios, um corretivo e um pó. Para muitas mulheres esse ritual faz parte da rotina e não requer nenhum esforço. Mas, para quem perdeu a visão, essa pode ser uma tarefa difícil. Difícil, porém não impossível. Quem tirou a prova foram as amigas Themis Briand e Thais Frota.

Thais havia perdido o contato com a maquiagem há alguns anos. Por consequência de uma doença que causou a degeneração progressiva de sua rotina, ela perdeu grande parte da visão e não podia se enxergar diante do espelho.

“Ela só se maquiava para eventos como casamentos e formaturas, com profissionais. No dia a dia só andava com batom e pronto. Ela pediu para que eu a ensinasse a se maquiar. Como a gente é muito amiga, eu topei esse desafio”, disse Themis, acostumada a fazer vídeos de maquiagem para o seu canal no YouTube.

A youtuber teve sensibilidade para entender que ela não poderia ensinar uma técnica prática pra deficientes visuais se não passasse pelas mesmas limitações ou vantagens que eles.

Eu me coloquei no lugar de um deficiente visual, fiquei no escuro e sem espelho. Eu fui vendo que cada produto tinha uma textura diferente, fui conhecendo melhor o meu rosto e sentindo essas diferenças de textura. Fui desenvolvendo essa sensibilidade, até que eu consegui”.

Com sua habilidade para a maquiagem, ela conseguiu se adaptar rápido. Em uma tarde já havia desenvolvido técnicas para aplicar do blush ao rímel.

A criação de Themis gerou uma acessibilidade no mundo da beleza e proporcionou uma independência não só para a sua amiga, como para mulheres em todo o Brasil. “Quando deu certo, eu falei pra ela que a gente não podia deixar esse conhecimento ficar entre nós duas. Ela topou e a gente gravou o vídeo para ajudar mais pessoas”.

As amigas gravaram a série “Beleza para todos” para o canal de Themis no YouTube.

O trabalho ganhou reconhecimento e possibilitou um trabalho em parceria com Instituto dos Cegos no Ceará. Themis ensinou as técnicas para uma turma de 10 mulheres.

“Elas conseguiram fazer a maquiagem e adoraram. Eu consegui patrocínio, também dei pra elas o kit de maquiagem para que pudessem treinar em casa. Elas estavam desacreditadas de que seriam capazes de se maquiarem de novo e ficaram muito felizes. Graças a Deus estamos conseguindo ajudar muita gente”.

“Eu tenho o compromisso de só publicar se eu achar que elas vão conseguir fazer sem nenhum erro. Porque eu parto do pressuposto de que elas vão estar sozinhas e que não vão precisar de ninguém para ajudar”, explica Themis.

As regras básicas, ensinadas nos vídeos, são: fazer a maior parte com os dedos, exceto o blush, para sentir as texturas dos produtos e da pele, e usar uma paleta de sombras para decorar a ordem das cores e contar a quantidade de vezes que passa os produtos em pó de um lado e do outro.

Themis quase não consegue descrever a sensação de ver as mulheres se realizando com suas técnica. “Você vê o brilho da pessoa. Com minha amiga, eu pude acompanhar a transformação dela em termo de auto-estima. Saímos a noite e ela está maquiada, dizendo que fez sozinha muito animada e se sentindo mais bonita e empoderada. Isso é muito legal. É uma satisfação saber que uma pessoa do outro lado do país consegue fazer algo que você criou e está feliz por isso, é muito bom”, conclui.

Veja um dos vídeo da série:

Tribuna do Ceará