Ubajara Notícias

Acusado de atacar PMs é morto a tiros

Image-0-Artigo-2229652-1
O soldado Menandro Nunes foi morto em uma festa, em Russas. Daniel era suspeito de ter atirado contra o PM

Um suspeito de participar do confronto com policiais militares, que terminou com quatro mortos, em uma festa realizada no município de Russas, na madrugada do último domingo (16), morreu em um novo confronto com a Polícia, desta vez ocorrido em Morada Nova, na noite do domingo. De acordo com o comandante da Área Integrada de Segurança (AIS) 10, tenente-coronel Jair Queiroz, a Polícia havia apurado que um dos três fugitivos, identificado como Daniel Amaro da Silva, 21, estava em Morada Nova e realizou diligências à procura dele.

Por volta de 21h, o Batalhão de Policiamento de Rondas e Ações Intensivas e Ostensivas (BPRaio) e o Destacamento local da PM localizaram Daniel Amaro, no bairro Vazante, e realizaram a abordagem. Segundo o tenente-coronel Queiroz, o suspeito atirou contra os policiais militares, que revidaram. Na troca de tiros, Daniel foi baleado e chegou a ser levado ao Hospital Municipal pelos policiais, mas não resistiu.

A PM apreendeu um revólver calibre 38, com cinco munições, sendo apenas uma deflagrada, que o suspeito portava. Ainda conforme o comandante da AIS 10, Daniel era acusado de participar de vários assaltos na área e de ter envolvimento com o tráfico de drogas, em Morada Nova.

Dois homem que teriam participado do ataque contra os militares continuam foragidos. A Delegacia Regional de Russas continua realizando diligências em busca de capturar a dupla e elucidar o crime, mas a investigação deve ser transferida para a Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), segundo afirmou o secretário de Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), André Costa.

Ataque

Um policial militar, dois comparsas de Daniel e um jovem que estava se divertindo morreram no tiroteio, na festa que acontecia em Russas, no dia em que se deu o primeiro confronto. De acordo com uma nota emitida pela Polícia Militar do Ceará (PMCE), cinco homens se aproximaram da mesa onde estavam os dois PMs (de folga) e começaram a disparar contra eles.

O soldado do BPRaio, Menandro Cavalcante Nunes, 33, foi atingido por um tiro no peito e morreu no local. No revide dos militares, duas pessoas, que estavam envolvidas na ação criminosa, morreram. Além deles, um jovem que estava se divertindo foi lesionado por uma ‘bala perdida’ e também não resistiu. Os nomes destas três pessoas não foram divulgados pela Polícia.

O soldado Menandro Nunes ingressou na Polícia Militar do Ceará, em junho de 2014, e era lotado no 2º Pelotão da 3ª Companhia do BPRaio, sediado em Russas. O corpo do militar foi sepultado na cidade natal dele, Limoeiro do Norte. O policial era casado e tinha duas filhas.

Diário do Nordeste