Ubajara Notícias

Leão Montezuma embolsou propina da Odebrecht quando presidia Sohidra no Governo Cid

O Ministério Público Federal (MPF) no Ceará irá investigar o então presidente da Superintendência de Obras Hidráulicas (Sohidra) durante o Governo Cid Gomes, Leão Montezuma, por ter recebido uma propina de R$ 500 mil da construtora Odebrecht.

A delação, que atinge em cheio o Governo Cid Gomes, foi feita pelo ex-diretor da Odebrecht, João Pacífico.

Segundo ele, Montezuma recebeu propina para não criar problemas nas obras do Sistema Adutor Castanhão.

A redação do portal Ceará News 7 não conseguiu contato com o ex-presidente da Sohidra, João Montezuma.

Veja também:

Ceará News 7