Ubajara Notícias

Grupo de pesquisadores brasileiros, incluindo um cearense, descobre duas novas chuvas de meteoros

Lauriston TrindadeDuas chuvas de meteoros descobertas pelos brasileiros Lauriston Trindade, de Maranguape (CE), Carlos di Pietro, de São Paulo, e Marcelo Zurita, de João Pessoa, foram incluídas no Meteor Data Center, órgão ligado a União Astrônomica Internacional, nesta segunda-feira (20). São as recém batizadas Epsilon Gruids (EGR) e a August Caelids (ACD), localizadas nas constelações do Grou e do Cinzel, respectivamente.

O trio faz parte da Rede Brasileira de Observação de Meteoros (BRAMON), que desde 2014 realiza um trabalho de monitoramento do céu do País e registra os meteoros que surgem.

Lauriston Trindade é cearense e astrônomo amador e falou sobre o processo de descoberta. Uma série de testes devem ser empregados para confirmar uma nova chuva de meteoros. “Foram centenas de cálculos envolvendo milhares de meteoros, além de leituras de artigos. Ferramentas matemáticas também foram desenvolvidas para facilitar o trabalho. Esta é a primeira descoberta feita por brasileiros. Eu, Marcelo e Carlos trabalhamos juntos na chuva Gruids e sozinho descobri a chuva Caelids”, contou, em entrevista ao Diário do Nordeste na noite de terça-feira (21).

1

Figura 1 .: Composição das órbitas dos meteoros do radiante August Caelids

Ainda de acordo com ele, qualquer pessoa pode ver as chuvas. A chuva epsilon Gruids tem sua máxima atividade no dia 11 de junho. Já a chuva August Caelids tem seu maximo em 5 de agosto.

“É recomendável que a pessoa que pretender ver a chuva se afaste das luzes da cidade e procure locais com pouca poluição luminosa”, reforça o astrônomo amador.

Ainda segundo Lauriston, existem duas estações da BRAMON no Ceará. Uma em Maranguape, onde ele vive, e outra no Observatório Otto de Alencar, no campus do Itaperi da Universidade Estadual do Ceará (Uece). No total, a rede conta com 82 estações de monitoramento, distribuídas em 19 estados brasileiros. Em seu banco de dados, a BRAMON possui vídeos de mais de 86.000 meteoros.

Validação

O Meteor Data Center foi comunicado das duas novas chuvas de meteoros no último dia 9 de março. No dia 20, as duas chuvas foram incluídas na lista oficial da União Astronômica Internacional. Ainda de acordo com informações de Lauriston,  tanto a Epsilon Gruids quanto a August Caelids foram inclusas com o status “Working pro tempore”. A justificativa é que como são chuvas com baixa taxa de ocorrência de meteoros, ainda carecem de mais observações, que agora serão feitas por outros observadores espalhados pelo mundo.

2

Figura 2 .: Composição com as órbitas do radiante Epsilon Gruids

Diário do Nordeste