Ubajara Notícias

No Ceará, plano de pacificação quer acabar com a violência entre torcidas

Resultado de imagem para castelão

A partir deste mês, a Arena Castelão, em Fortaleza, passará a ter setores exclusivos para as torcidas organizadas. A medida faz parte do Plano Estadual de Pacificação e Regulamentação das Torcidas Organizadas, apresentado no fim de janeiro pelo Governo do Estado e por representantes de entidades do futebol cearense.

A divisão das torcidas nos setores exclusivos vem acontecendo, de forma experimental, nas partidas do Campeonato Cearense. Esses setores não poderão ser ocupados por torcedores comuns. Em dias de clássico-rei, as torcidas organizadas do Ceará e do Fortaleza ião ocupar os setores Norte (Ceará) e Sul (Fortaleza) do anel superior do Castelão.

Uma das punições aplicadas por conta de casos de violência, foi proibir a festa das torcidas nas arquibancadas.  Em junho do ano passado, por exemplo, os torcedores foram impedidos de entrar nos estádios com camisetas e bandeiras indicando o nome das torcidas organizadas e com instrumentos de percussão.

Outro ponto do Plano de Pacificação é o cadastro dos torcedores, que irá começar a vigorar em maio.  De acordo com a Coordenadoria Especial de Políticas Públicas de Juventude, será encaminhada à Assembleia Legislativa uma proposição para regulamentar ações de projetos sociais nas torcidas organizadas.

Com informações Agência Brasil