Ubajara Notícias

Eunício Oliveira garante que Reforma Trabalhista não irá tirar direitos dos trabalhadores

Eunício Oliveira garante que Reforma Trabalhista não irá tirar direitos dos trabalhadores

Em entrevista ao O Globo deste domingo (5), o presidente do Senado Federal, Eunício Oliveira (PMDB-CE), comentou a urgência das reformas Trabalhista e Previdênciária, em tramitação no Congresso. O cearense garantiu que as mudanças não irão tirar direitos dos trabalhadores, e defendeu um maior debate para discutir as ideias propostas.

Acompanhe abaixo trechos da entrevista.

Qual a urgência das reformas Trabalhista e Previdenciária?

Precisamos fazer uma reforma que dê consistência à Previdência, para que ela deixe de ser este peso nas costas dos brasileiros e passe a ter equilíbrio. Isso não significa tirar direitos dos trabalhadores, mas temos que fazer o debate, discutir estas questões. Quanto à Trabalhista, também não é para tirar direitos ou para criar problemas, é para buscar soluções negociadas com as partes.

O governo quer aprovar a Reforma da Previdência no Congresso até junho. Não é otimista?

O tema é polêmico, mas quando a gente se dedica a fazer as coisas, o dia dura uma semana, uma semana vira um mês, um mês vale um ano. A gente tem que debater, mas se dar um limite. Vamos fazer todo esforço para que as reformas sejam feitas no calendário mais curto possível.

A base aliada já está se mobilizando para mudar a idade mínima de 65 anos e o fim da integralidade das pensões. Que reforma vai sair do Congresso?

O governo sabe que tudo que entra no Congresso não sai como entrou. O governo tem seus cálculos e deve ter alguma margem para, obviamente, negociar. Será um debate intenso. A idade mínima é para quem vai se aposentar. Eu tenho quase 65 anos e me sinto em plena capacidade de trabalho. Nós fizemos a extensão dos tribunais superiores de 70 para 75 anos por causa da expectativa de vida. Minha opinião é que o maior debate será na regra de transição.

LEIA ENTREVISTA COMPLETA.