Ubajara Notícias

Anselmo critica dirigentes do Fortaleza, e vice-presidente denuncia ‘chantagem’ do jogador

Reprodução

Anselmo foi o principal goleador do Fortaleza na temporada de 2016. Mesmo assim, o Tricolor de Aço não quis renovação, e o jogador foi parar no Náutico nesta temporada 2017. No entanto, quase dois meses depois, somente nesta terça-feira (30), detalhes do desentendimento entre o atleta e dirigentes foram expostos para a torcida, após o jogador publicar ‘desabafo’ em uma rede social.

Na postagem, Anselmo afirma que tinha o desejo de continuar no Pici e garantiu ter assinado pré-contrato com o clube, que, segundo ele, não foi honrado pela diretoria tricolor.
“Como era de conhecimento público, tínhamos um pré-contrato o fortaleza (sic) e eu assinado pelo” presidente” (sic) que entraria em vigência no dia 01/10/2016 até o fim de 2017 assegurando as duas partes”. O jogador ainda aproveitou para atacar os dirigentes tricolores. “Eu achei que tivesse tratando homens de palavras! Acho que eu merecia mais respeito!”, disparou.
O vice-presidente do Fortaleza, Ênio Mourão, na mesma postagem, respondeu às acusações do jogador com outra ofensiva: “Ele não disse que,

Reprodução

uma semana antes do mata mata (sic), chantageou a gente aumentar (quase dobrar) o salário dele, se não (sic) ele não jogaria. Isso é que é vergonha”, afirmou em resposta à publicação.

Anselmo ainda fez uso da tréplica, afirmando que não comentaria mais o assunto.
 Diário do Nordeste
Reprodução