Ubajara Notícias

Vender, renovar ou perder de graça: o dilema do Corinthians por Rodriguinho

Rodriguinho Corinthians (Foto: Marcelo Braga)
Rodriguinho interessava ao Fenerbahçe, mas Timão recusou proposta (Foto: Marcelo Braga)

O Corinthians enfrenta um dilema relacionado ao meia Rodriguinho, principal destaque do time em 2016 e convocado pela seleção brasileira para o amistoso contra a Colômbia, realizado quarta-feira passada. Depois de recusar uma proposta do Fenerbahçe, da Turquia, nesta quinta-feira, o Timão precisa pensar no futuro. E não descarta, inclusive, o surgimento de novos interessados no jogador.

Rodriguinho tem contrato com o Corinthians até dezembro de 2017, e as conversas por uma renovação estão emperradas. Isso significa que, caso o meia realmente fique e não estenda seu vínculo, ele poderá assinar pré-contrato com outra equipe a partir de julho. E sair de graça. Algo que a diretoria alvinegra nem pensa em deixar acontecer.

Por outro lado, a ideia do clube é deixá-lo no time por pelo menos mais seis meses e tentar uma negociação na janela do meio do ano, quando o mercado europeu está mais aquecido. Para isso, porém, é preciso convencer o jogador a renovar – uma conversa que não é simples.

Reuniões entre o fim do ano passado e o início de 2017 já trataram do tema, sem evolução. O contrato oferecido é de mais dois anos, com validade até dezembro de 2019. Detalhes burocráticos, porém, impediram o anúncio antes do início da pré-temporada, como era desejo do Corinthians. Apesar do não ao Fenerbahçe, ainda há preocupação com possíveis sondagens.

Com isso, o assédio de clubes do exterior cresceu. O Timão tem 50% dos direitos. O restante pertence a Capivariano (40%) e América-MG (10%).

– Está faltando pouco. A gente vem conversando já faz uns dias e faltam detalhes para acertar essa renovação. Espero que isso possa acontecer, meu desejo é ficar e ficar com um bom trabalho. Quero que esse ano seja melhor que 2016 – disse Rodriguinho, há dez dias, quando a delegação alvinegra iniciava seu período de treinos nos EUA.

Rodriguinho se reapresenta no CT Joaquim Grava nesta sexta-feira. Ele participou do segundo tempo da vitória por 1 a 0 do Brasil sobre a Colômbia, no Rio de Janeiro, e não treinou nesta quinta – Fagner, outro convocado, também é esperado no CT.

G1