Ubajara Notícias

Suspeito é flagrado com drogas na região do Sertão Central do Estado

Um homem foi flagrado por policiais da Delegacia Regional de Quixadá com drogas, dinheiro oriundo do negócio criminoso e outros ilícitos. O flagrante ocorreu na tarde dessa quarta-feira (21), no município de Quixadá – Área Integrada de Segurança 15 (AIS 15) do Estado – na região do Sertão Central do Ceará.Os policiais civis saíram em diligência, após receberem denúncias anônimas sobre a prática do tráfico de drogas protagonizada por um homem conhecido como “Doval”, em frente à sua residência. Ao chegarem ao endereço apontado, na Avenida Parque Ecológico, bairro Campo Velho, mais conhecido como Mutirão do Campo Velho, os agentes de segurança avistaram Lindoval Pereira Leite (24), o “Doval”.

Ao perceber a presença dos policiais, ele tentou desfazer-se de um embrulho jogando-o no chão, mas os investigadores perceberam a tentativa e apreenderam o material: três pedras de crack e três trouxinhas de maconha. Com ele também foi apreendida a quantia de R$ 257,95. Dentro do imóvel, os policiais encontraram mais R$ 517,35, dois relógios, dois celulares e uma agenda que possivelmente era utilizada para anotações do negócio ilícito.

Ainda na casa, os policiais receberam novas denúncias de que o criminoso esconderia mais drogas em uma barraca alojada em frente à sua residência. Lá foram apreendidas mais 47 trouxinhas de maconha, 29 pedras de crack e cinco papelotes de cocaína. “Doval”, que responde a um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) por uma contravenção penal por uso de som alto, foi levado para a Delegacia Regional da cidade e autuado em flagrante por tráfico de drogas, com base no artigo 33 da Lei 11.343.

Denúncias

A população pode ajudar a Polícia denunciando a prática criminosa que tem conhecimento. Para fazer denúncias, basta ligar para o disque denúncia da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) pelo número 181 ou para a Coordenadoria Integrada de Operações de Segurança (Ciops) da secretaria pelo 190. O sigilo é garantido.

Fonte: SSPDS