Ubajara Notícias

Segundo adolescente envolvido em homicídio de jovem é preso no Ceará

Adolescente de que passou quatro dias desaparecida foi morta pelo ex-namorado (Foto: Reprodução/Tv Diário)

O segundo adolescente envolvido no homicídio de Rafaella da Silva Siqueira de 15 anos foi preso, nessa terça-feira (20), no município de Caucaia, Região Metropolitana de Fortaleza. O infrator, de 16 anos, é suspeito de dar apoio ao namorado da vítima para matá-la. Ele foi preso pela Polícia Militar do Estado do Ceará (PMCE) e conduzido à Delegacia Metropolitana de Maranguape – responsável pelo caso.

O adolescente, que responde por tentativa de homicídio, estava escondido na casa de familiares, no Bairro Parque Jari, em Caucaia. Com ele, os policiais  apreenderam o celular da vítima, dado a ela como presente de aniversário no último dia 5 deste mês. O jovem foi conduzido à delegacia de Maranguape, onde foi ouvido e autuado em um ato infracional. Nesta quarta (21), ele será apresentado à Justiça. Os policiais chegaram ao suspeito após serem acionados por seus familiares.

O crime
O corpo de Rafaella da Silva Siqueira (15) foi encontrado, na última segunda (19), já em estado de decomposição, no bairro Parque Iracema, próximo à rotatória que fica na CE 065 e dá acesso à cidade de Maranguape.

A adolescente estava desaparecida desde a última quinta-feira (15), quando foi vista pela última vez com seu namorado. Ainda na segunda, o rapaz, também de 16 anos e que não possuía passagem pela Polícia, foi levado por sua mãe à delegacia de Maranguape, onde confessou toda a trama delituosa.

Ele indicou aos policiais civis a localização do corpo da vítima, bem como das duas facas usadas para matá-la. Em depoimento, o menor alegou ter sido motivado por ciúmes e suspeitas de traição por parte de Rafaella. A garota foi morta ainda na noite de quinta (15), após, segundo ele, aceitar um convite para usar drogas. Ele afirma não ter agido só. O suspeito apontou um comparsa: o infrator capturado ontem (20). Ambos foram autuados em um ato de apreensão em flagrante análogo ao homicídio.

As facas utilizadas no homicídio estavam escondidas em um terreno baldio, situado no bairro Parque São João, próximo a residência do namorado de Rafaella. Após ele indicar o paradeiro do corpo da vítima e das armas, policiais civis da Delegacia Metropolitana de Maranguape foram aos locais apontados pelo próprio suspeito e constataram a veracidade dos fatos. Em seguida, os agentes de segurança acionaram a Perícia Forense do Estado do Ceará (Pefoce) para o local onde o cadáver foi deixado.

G1 CE