Ubajara Notícias

‘Marco Polo’, primeiro grande fiasco da Netflix, é cancelada

marco_polo_750_2
Foto: Reprodução

Nem tudo são flores para a Netflix. A gigante do streaming, que cresce em produtividade e qualidade a cada ano (aumento que não se sabe se é refletido no número de assinantes, informação mantida em segredo pela empresa), acaba de sofrer seu primeiro grande revés. Marco Polo, um ambicioso investimento da plataforma em parceria com a produtora The Weinstein Co., dos irmãos Weinstein, rendeu um rombo de 200 milhões de dólares em duas temporadas e está cancelada. A notícia é do site da revista americana The Hollywood Reporter.

O anúncio do cancelamento consta de um comunicado assinado pela vice-presidente de conteúdo original da Netflix, Cindy Holland, que no texto se concentrou em agradecer ao elenco, aos produtores e aos parceiros da Weinstein. É a primeira vez que uma série original da Netflix morre antes de chegar à terceira temporada. Outras, como House of Cards e Orange Is the New Black estão há pelo menos três anos no ar e não têm previsão de acabar.

O drama histórico de dados nem tão confiáveis assim, contou com um elenco global que incluiu o belo italiano Lorenzo Richelmy no papel-título, com Benedict Wong como Kublai Khan. Originalmente desenvolvido para o canal Starz, que abortou o projeto por não obter apoio do governo chinês, Marco Polo pode não estar completamente descartada. Ou, pelo menos, uma produção do mesmo gênero. Em outro comunicado, a Weinstein Co. afirma que, ao lado do produtor John Fusco, pretende “continuar a explorar este excitante período histórico em projetos futuros”.

MSN