Ubajara Notícias

Pessoas inteligentes tendem a ter menos amigos, diz pesquisa

Foto Douglas Soor/Pillow Fight Day/Fotos Públicas

Um estudo divulgado recentemente pela revista cientifica British Journal of Psychology está dividindo a opinião dos internautas. Segundo a pesquisa, quanto mais as pessoas inteligentes precisarem socializar, menos satisfeitas elas ficam com a vida.

O resultado veio depois que os psicólogos evolucionistas Satoshi Kanazawa, da Lodon School of Economics, na Grã-Bretanha, e Norman Li, da Universidade de Administração de Singapura, entrevistaram 15 mil pessoas, com idades entre 18 e 28 anos, sobre a felicidade.

Durante o estudo baseado na teoria da savana, proposta em 2004 por Kanazawa. Foram levadas em consideração a densidade populacional do local onde os voluntários viviam e a interação com amigos.

Segundo a tese, ancestrais que viviam na savana Africana precisavam ser sociáveis para sobreviver ao ambiente hostil com cerca de 150 integrantes por grupo e, de acordo com os pesquisadores, a herança ancestral pode ter contribuído para que a maioria das pessoas disseram ser mais felizes quando vivem em locais com menos habitantes.

“O efeito da densidade populacional na satisfação com a vida era mais de duas vezes maior para os indivíduos com baixo QI do que para os indivíduos com QI mais alto”, escreveram os autores.

Com informações do Washington Post