Ubajara Notícias

Palmeiras supera Flamengo e pode ter maior receita da história do futebol brasileiro

No ano em que foi campeão brasileiro, Palmeiras pode ter receita recorde no país

O ano de 2016 ainda não acabou, mas o Palmeiras já sabe que arrecadará como ninguém no futebol brasileiro. A demonstração de resultado do clube no mês de outubro, fechada no fim de novembro, mostra receitas de quase R$ 405 milhões, o que já é recorde em valores nominais na história do país.

A cifra – que ainda crescerá até dezembro, com valores como a premiação do Campeonato Brasileiro e referentes à venda de Gabriel Jesus – também supera a receita do Flamengo, principal rival alviverde no quesito. Em seu orçamento, aliás, a previsão rubro-negra é para arrecadar R$ 404,3 milhões em 2016.

Até setembro, que foi o último balancete divulgado pelo Flamengo, a diferença entre os clubes era superior a R$ 50 milhões. Do lado carioca, as receitas estavam em R$ 306,1 milhões; enquanto os paulistas já registravam R$ 359 milhões – em outubro, o valor subiu para exatos R$ 404,89 milhões.

Até o momento, a maior receita já registrada por uma equipe brasileira foi a do São Paulo de 2013. Impulsionado pela venda de Lucas para o PSG, o clube tricolor teve receitas de R$ 364,7 milhões. Em seguida, vem o Cruzeiro de 2015, que também contou com diversas transferências, com R$ 363,8 mi.

Se em valores nominais o Palmeiras já superou essas marcas em apenas dez meses, o desafio agora é superar as receitas já registradas por rivais com números corrigidos pela inflação. Em cifras atualizadas, a maior arrecadação da história do futebol brasileiro é a do Corinthians de 2012, com R$ 465,4 milhões.

Na temporada em que conquistou o inédito título da Copa Libertadores e o Mundial de Clubes, o clube alvinegro teve receita de R$ 358,5 milhões, valor que passa de R$ 465 milhões corrigido pelo IGP-M. Com base no mesmo índice de inflação, a arrecadação do São Paulo de 2013 chega a R$ 448,3 milhões.

Também entra na lista de maiores receitas da história do futebol brasileiro o registro de 2014 do próprio Flamengo. Na ocasião, a equipe arrecadou R$ 347 milhões, R$ 411,5 milhões em valor corrigido pela inflação. Já a arrecadação do Cruzeiro de 2015 em cifras atualizadas é de “apenas” R$ 389,7 milhões.

Em 2016, ainda devem ser contabilizados entre as receitas do Palmeiras R$ 17 milhões de prêmio pelo título de campeão brasileiro, parcela de luvas pelo acordo de TV fechada negociado com o Esporte Interativo e também para do valor que o Manchester City concordou em pagar por Gabriel Jesus.

MSN