Ubajara Notícias

Goleiro da Chape manda áudio e promete melhora: “Vou sair dessa rápido, tá?”

Internado no hospital San Vicente Fundación, em Rionegro, na Colômbia, o goleiro Jackson Follmann é uma das vítimas do acidente com avião da Chapecoense.

 

“Fala, galera! Tô aqui pra mandar um abraço pra todo mundo aí. Dizer que eu tô bem e que vou sair dessa rápido, tá? Que é pra todo mundo ficar tranquilo aí. Tá tudo tranquilo comigo, beleza? Dessa vez eu passei batido”, diz Follmann em áudio exibido pelo “Fantástico” deste domingo (4).

Além de Follmann, há mais cinco sobreviventes da tragédia aérea com a delegação da Chapecoense. Dentre eles há três brasileiros (o lateral Alan Ruschel, o zagueiro Neto e o jornalista Rafael Henzel). O acidente de avião que matou 71 pessoas aconteceu na madrugada de terça (29), em uma região montanhosa na província colombiana de Antioquia. A Chapecoense viajava para disputar o primeiro jogo da final da Copa Sul-Americana, contra o Atlético Nacional. A partida foi suspensa pela Conmebol, entidade que organiza o torneio.

Natural de Alecrim, no interior do Rio Grande do Sul, Jakson Ragnar Follmann jogou por Juventude, Grêmio, Linense e URT até chegar à Chapecoense neste ano. Ele tem 24 anos e precisou amputar parte da perna direita (abaixo do joelho) e está consciente, mas ainda não tem previsão de alta.

MSN