Ubajara Notícias

Aumentam os acidentes nas rodovias estaduais cearenses, mas o número de mortes cai em 20 por cento em 2016

Aumentam os acidentes nas rodovias estaduais cearenses, mas o número de mortes cai em 20 por cento em 2016

Atropelamentos e colisões frontais são os acidentes mais comuns nas CEs

O número de acidentes registrados nas rodovias estaduais cearenses aumentou em cerca de sete por cento no período de janeiro a novembro deste ano em comparação a igual período de 2015. No entanto, a taxa de mortes decorrentes dos sinistros caiu aproximadamente 20 por cento.

Os dados foram revelados nesta sexta-feira (2) pelo Batalhão de Policiamento Rodoviário Estadual (BPRE), órgão estadual integrante da Polícia Militar do Ceará (PMCE), responsável pela fiscalização de trânsito e do policiamento ostensivo nas estradas estaduais, as CEs.

Segundo os números apresentados pela corporação, de janeiro a novembro deste ano, 2.956 acidentes foram registrados nas estradas estaduais. Em igual período de 2015, foram 2.773. NO entanto, no ano passado, os sinistros causaram 369 óbitos. Em 2016, o número caiu para 295, o que representa cerca de 20 por cento.

Outros números

Também na estatística do BPRE, o número de prisões em flagrante por infração à Lei Seca, isto é, motoristas detidos quando dirigiam bêbados, aumentou em 11 meses de 2016. Foram 7.691 autuações, contra 7.431 em 2015.

Outro dado importante foi o aumento em 130 por cento no número de apreensões de armas de fogo nas estradas estaduais. Em 2015, foram 90 armas localizadas. Neste ano, 207. Segundo o órgão, esse crescimento deveu-se à intensificação das operações de combate aos crimes de roubos e tráficos de drogas nas CEs.

Por FERNANDO RIBEIRO
Ceará News 7