Ubajara Notícias

Catra rejeita acordo em ação de danos morais contra Val Marchiori

O cantor Mr. Catra e a socialite Val Marchiori

Não haverá acordo entre Wagner Domingues Costa, conhecido como Mr. Catra, e Val Marchiori no processo que o funkeiro move contra a socialite por danos morais. As duas partes rejeitaram a audiência conciliatória que aconteceria no próximo dia 28. Assim, a ação seguirá normalmente na Justiça, na 2ª Vara Cível Regional da Barra da Tijuca, na Zona Oeste do Rio de Janeiro.

Catra processa Val por causa de comentários que ela fez sobre ele durante participação nos programas Raul Gil e Superpop e em um blog pessoal. A socialite disse nessas ocasiões que ele é “safado”, “sem vergonha” e que “pega meninas pobrinhas, sem condição nenhuma, e faz filhos nelas”. Val se referia ao fato de Catra ser casado com três mulheres e ter 32 filhos.

A socialite, por meio de sua assessoria de imprensa, confirmou a rejeição da audiência conciliatória. “Venho por meio desta nota esclarecer que o processo movido pelo Sr. Wagner Domingues Costa, popularmente conhecido como ‘Mr Catra’, segue normalmente na Justiça. A audiência conciliatória foi proposta pelo juiz e não por mim. Por meio do meu advogado, Dr. Wilson Marqueti, declinamos da audiência conciliatória e em seguida o autor fez o mesmo. Confiamos na Justiça e daremos continuidade normal ao processo”, disse.

A advogada do cantor, Elizabeth Medeiros, afirma que a audiência só foi cancelada porque ele, que é o autor do processo, também declinou da conciliação. “Se o Wagner não se manifestasse contrariamente, a audiência aconteceria, contudo, sem sucesso, já que não haveria proposta da parte ré. Logo, não faria sentido nós insistirmos na audiência”, explica.

O funkeiro não determinou o valor da indenização, deixando isso a cargo do juiz. Catra pede também que a socialite se retrate publicamente e que os vídeos publicados na internet em que Val aparece falando sobre ele sejam deletados.

MSN