Ubajara Notícias

BB poderá desligar até 18,6% do quadro funcional no Ceará

Resultado de imagem para agencia bb

O Plano Extraordinário de Aposentadoria Incentivada anunciado no último domingo (20) pelo Banco do Brasil (BB) como parte da reestruturação da instituição poderá ser aderido por até 481 funcionários cearenses. É a quantidade de servidores que já poderiam ter deixado o mercado de trabalho, mas que seguem na ativa, como é permitido por lei, correspondendo a 18,6% do quadro funcional do banco no Estado. No País, há público de até 18 mil pessoas que já reúnem condições para se aposentar por meio de adesão voluntária.

 

Será concedido incentivo de desligamento correspondente ao valor de doze salários (R$ 10.560), além de indenização pelo tempo de serviço, que varia de 1 a 3 salários, a depender do tempo de banco (entre 15 e 30 anos completos). Os interessados têm duas semanas para aderir ao programa.

Outra medida será a adesão à jornada opcional de trabalho de 6 horas diárias. A adesão resultará na redução de 16,25% do salário da função, enquanto a jornada será reduzida em 25%. Considerando o valor da hora trabalhada, haverá aumento de 12% para os funcionários que aderirem à nova jornada. Desde ontem, cerca de 6 mil assessores da direção geral e superintendências já podem aderir voluntariamente à nova jornada.tab

Um funcionário ouvido pela reportagem, que teve identidade preservada, afirmou que a mudança já era aguardada por algumas pessoas para obter maior vantagem antes de se aposentar. “Sou aposentado pelo INSS e estou perto de me aposentar com a previdência complementar de servidor do banco. Tenho intenção de aderir. É uma boa oportunidade”, apontou.

Das 402 agências no País que serão desativadas, sete estão na Capital, o equivalente a 4,5% da rede de atendimento da instituição no Estado. É o caso das unidades Aeroporto Pinto Martins, Av. Monsenhor Tabosa, Dnocs, Lagoa de Messejana, Ministério da Saúde, Ministério da Fazenda e Av. Santos Dumont. Com a mudança, a composição da rede cairá de 153 agências para 143.

No Nordeste, o Ceará é o segundo em agências fechadas, ao lado de Pernambuco, onde também serão fechadas sete unidades, e atrás da Bahia, que deve perder 12 unidades.

Além das sete agências fechadas no Ceará, outras três unidades, assim como 376 no País, serão transformadas em postos de atendimento, uma versão menor e mais barata de servir aos clientes. Delas, duas são localizadas em Fortaleza, no Fórum Clóvis Beviláqua e na Assembleia Legislativa, e uma no município de Novo Oriente. A quantidade de postos de atendimento do Banco do Brasil no Estado passa, assim, de 66 para 69 unidades.

No Brasil, serão enxugadas 31 superintendências regionais, e três diretorias serão extintas, com funções redistribuídas para outras áreas. No Ceará, também serão encerrados o Centro de Suprimentos e Patrimônio – Plataforma Fortaleza, um órgão interno do banco, e a Gerência Regional de Maracanaú.

Mudanças

Segundo o BB, o encerramento das agências e a implantação das demais medidas ocorrerá ao longo de 2017 e será precedido por ampla comunicação aos clientes em canais diversificados. O BB também divulgou telefones para atendimento aos clientes sobre mudanças de agência: 4003-5282 ou 0800 729 5282 para pessoas físicas e 4003-5281 ou 0800 729 5281 para empresas. A Central funciona de segunda a sexta-feira, de 8h às 22h.

O BB disse ainda que a mudança de agência é automática. Os clientes não precisam fazer qualquer procedimento adicional e podem manter seus cartões e senhas para transações na nova agência, mesmo que haja alteração no número da conta. Além dos pontos físicos, o BB oferece a maioria das transações pelo aplicativo para celular e internet.

Já os funcionários de agências que forem extintas terão oportunidade de concorrência, durante um período de transição, para se alocar a posições em outras unidades da rede de atendimento até o dia 31 de janeiro, podendo ser em unidades próximas ou em cidades diferentes. A partir do dia 1º de fevereiro, os servidores que não se realocarem terão até 4 meses para fazê-lo. O fechamento das agências ocorrerá ao longo de 2017.

Custo x Economia

O presidente do Banco do Brasil, Paulo Caffarelli, afirmou ontem que se todos os 18 mil funcionários aderissem ao plano de aposentadoria apresentado pela instituição, o custo para o banco seria de R$ 2,7 bilhões, diluídos em sete meses. Caffarelli também disse que a reestruturação do BB poderá gerar uma economia anual de R$ 3,79 bilhões à instituição, caso os 18 mil funcionários habilitados optem por deixar a instituição financeira. Se a adesão for muito superior ao esperado (cerca de 9 mil vagas), a instituição poderá realizar novas contratações para garantir o atendimento ao público.

Enquete 

Como você será afetado com o fim da agência?

“O problema é que esta agência da Santos Dumont é a que fica mais próximo à minha casa e, fora ela, a outra fica na Desembargador Moreira com Santos Dumont, um pouco mais distante para eu realizar as minhas operações, depósitos, saques, essas coisas. Então, vai dificultar um pouco a realização das minhas operações”

Tiago Rodrigues

Desempregado

“Eu sempre vou à agência que está mais próxima a mim. Sou usuária mesmo do BB da Pontes Vieira e costumo ir ao banco da José Bastos e ao da Parangaba. Hoje, como eu estava passando perto, vim aqui. Então, sempre que eu preciso, vou na que está mais perto. Mesmo não sendo dessa agência, fiquei triste”

Adriana Félix

Dentista

“Realizo todas as minhas operações financeiras aqui nesta agência e eu sou cliente do banco há 20 anos. A escolha dela foi porque fica bem próxima da minha casa e também fica próxima ao meu local de trabalho, então eu estou achando péssimo o encerramento deste Banco do Brasil da Santos Dumont”

Gladys Tamietti

Engenheira civil

Diário do Nordeste