Ubajara Notícias

Moro temia fuga de envolvidos em esquema de corrupção no RJ

Um dos argumentos usados pelo juiz Sérgio Moro para pedir a prisão dos envolvidos no esquema de corrupção comandado pelo ex-governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral, foi o receio de que eles fugissem para o exterior. É o que consta no decreto feito pelo magistrado.

“Enquanto não houver rastreamento completo do dinheiro e a identificação de sua localização atual, há um risco de dissipação (sumiço) do produto do crime, o que inviabilizará a sua recuperação. Enquanto não afastado o risco de dissipação do produto do crime, presente igualmente um risco maior de fuga ao exterior”, escreveu o magistrado.

Segundo as investigações, o esquema movimentou mais de 220 milhões de reais em propinas, durante obras executadas com recursos federais. Os suspeitos de participação no crime foram detido nesta quinta-feira (17), durante operação desencadeada pela Polícia Federal, Ministério Público Federal e Receita Federal, na 37ª fase da Lava Jato.

MSN