Ubajara Notícias

Suspeito da morte de três militares se apresenta

g1_info_policiais_mortos_v2

Um dos homens apontados como suspeito de ter participado da ação criminosa que resultou na morte de três policiais militares no dia 30 de junho deste ano, no Distrito de Juatama, em Quixadá, se apresentou espontaneamente na noite da última terça-feira (1º) na Delegacia Regional de Quixadá. Contra o suspeito havia também um mandado de prisão preventiva em aberto por roubo a caixa eletrônico e ele permaneceu preso.

David William Lázaro se apresentou após duas semanas de negociação. A Polícia Civil divulgou que o inquérito sobre o caso deve ser concluído em breve.

O homem chegou à Delegacia na companhia de dois advogados, que acompanharam o depoimento dele. Logo após ser ouvido, David William foi encaminhado para a Cadeia Pública de Quixadá.

Desde o último dia 26 de agosto, a DRPC de Quixadá divulgou as fotos dos homens considerados suspeitos de terem arquitetado o crime que culminou na morte dos três PMs. José Massiano Ribeiro, Veridiano Rabelo Cabral Junior e José Nobre do Nascimento Filho seguem procurados. Além de David William, Fábio de Oliveira Rabelo também já está preso.

Militares

Segundo as investigações, o grupo seria responsável pelo tiroteio que causou a morte do sargento Francisco Guanabara Filho, 50, do cabo Antônio Joel de Oliveira Pinto,34; e do soldado Antônio Filho.

O sargento Campos foi atingido por um tiro na perna. Os outros dois PMs foram feitos reféns pelos bandidos e liberados minutos depois na rodovia entre Ibaretama e Quixadá.