Ubajara Notícias

Polícia Civil desarticula grupo acusado de resgates

Com os acusados da quadrilha, os policiais apreenderam drogas e armas. Essa foi a primeira operação da Delegacia de Combate ao Crime Organizado (Draco)

A Polícia Civil do Estado do Ceará considera desarticulada a quadrilha responsável pelos resgates de 17 presos da Delegacia Geral da Polícia Civil, no Centro; do 3º Distrito Policial, no bairro Farias Brito, e da Delegacia Municipal de Itaitinga. As três ações foram realizadas num intervalo de 20 dias, entre 21 de setembro e 11 de outubro.

Segundo a Polícia, as investigações foram o primeiro grande resultado da Delegacia de Repressão ao Crime Organizado (Draco), criada em setembro deste ano. A Divisão estima o envolvimento de cerca de 30 pessoas na quadrilha.

Segundo o titular da Especializada, delegado Osmar Berto, os resgates ocorridos neste mês, em Fortaleza, decorreram de uma série de fatos iniciados no dia 5 de setembro. Naquela ocasião, três homens da mesma família – Alexandre Santos da Costa, o Loirinho, 24; Johnn Éricles Nascimento da Costa, 20; e Marcus Douglas Silva do Nascimento – foram presos em flagrante, em Itaitinga, por assalto.

Segundo a Polícia, os três atuavam no tráfico de drogas e em outros crimes no município. No entanto, a quadrilha completa se estendia até Fortaleza. No dia 21 de setembro, os três conseguiram fugir da carceragem da Delegacia. Já no dia 5 de outubro, Alexandre foi preso novamente e transferido para a sede da Delegacia Geral, no Centro.

Na carceragem, ele encontrou outros integrantes de sua mesma organização criminosa. Lá dentro, eles organizaram o próprio resgate da unidade, ocorrido no dia 9 de outubro.

Desta vez, fugiram Alexandre, José Nagíbio de Sousa Santos, Leonardo do Nascimento Ferreira e outro homem conhecido como ‘Gordinho’, apontados como cabeças da quadrilha, e mais três homens.

Dois dias depois, cinco homens armados, incluindo Alexandre e Nagíbio, foram flagrados pelas câmeras de vigilância interna do 3º DP, quando do resgate de sete internos da Delegacia. A ação teria sido deflagrada porque mais dois comparsas da quadrilha estariam detidos na unidade. No assalto, os bandidos tomaram uma viatura descaracterizada, uma escopeta calibre 12 e uma pistola Ponto 40 da Polícia. O foragido Bruno da Silva foi recapturado nas imediações da Delegacia pouco depois.

Planejamento

As investigações conduzidas pela Draco mapearam e recapturaram, desde o dia 13 de outubro, 14 envolvidos direta ou indiretamente nos resgates. Só na tarde da última quarta-feira (19), cinco pessoas foram presas e José Nagíbio foi recapturado.

Na ação, os policiais reencontraram as duas armas roubadas, bem como XXX </MC></MC>[MORGANA]trouxas de maconha e um ‘caderno do tráfico’, como afirma o delegado. Todos foram autuados por associação criminosa e posse de arma de fogo de uso restrito.

A Polícia conseguiu recapturar Alexandre, Johnn Éricles e Eliano Menezes da Silva, que estava detido no 3º DP. A Draco também identificou outras 13 pessoas relacionadas à quadrilha que estão em liberdade, mas cujos mandados de prisão já foram expedidos pela Justiça.

Diário do Nordeste