Ubajara Notícias

Ladrões de carros ligados ao PCC são presos em operação

Um Toyota Corolla foi localizado em uma casa no Distritode Pajuçara, em Maracanaú durante as buscas realizadas por policiais civis e militares

Quatro pessoas foram presas, em Maracanaú, suspeitas de participarem das ações de um grupo interestadual responsável por roubo, clonagem e adulteração de veículos. Conforme as investigações, as pessoas capturadas seriam integrantes da ramificação de uma das maiores quadrilhas de ladrões de carros que agia no Ceará. Parte do bando foi detida em setembro deste ano. Eles enviavam os veículos para outros estados e para o Paraguai.

Segundo a Polícia, na operação realizada na última terça-feira (11), uma mulher identificada como Michele Susan Carvalho, que seria companheira de Vagner Medeiros de Freitas, o ‘Vagner Coiote’, foi detida. O rondoniense é um dos líderes da facção criminosa Primeiro Comando da Capital (PCC), no Ceará. Ele está preso desde junho deste ano quando foi flagrado com dezenas de pessoas em uma reunião do crime organizado fechada pela Polícia Civil, que acontecia num sítio, também em Maracanaú. Na ocasião, 32 pessoas foram capturadas.

Conjunta

A ação conjunta realizada na última terça-feira, em Maracanaú, contou com a participação de policiais militares do Serviço Reservado e da Força Tática de Apoio (FTA), do 14º BPM (Maracanaú) e equipes da Delegacia de Roubos e Furtos de Veículos e Cargas (DRVC).

De acordo com o tenente-coronel Océlio Alves, comandante do 14º BPM e da Área Integrada de Segurança (AIS) 8, durante as abordagens quatro suspeitos acabaram detidos, dois veículos roubados foram recuperados, além da apreensão de placas e objetos usados nas falsificações. O oficial informou que a primeira prisão foi realizada na Rua Bárbara de Alencar, Distrito de Pajuçara, em Maracanaú. No local, os policiais encontraram Francisco Wilson Sousa Lima e Michelle Susan. Um automóvel Toyota Corolla foi apreendido no mesmo local.

As buscas continuaram e na Rua Santa Helena, bairro Bandeirantes, as equipes localizaram um veículo Chevrolet Ônix em poder de Ane Caroline da Silva Zacarias e de um homem identificado como Márcio José Ferreira de Sousa. O grupo foi levado para a DRVC e autuado em flagrante por associação criminosa, adulteração de veículo automotor, receptação e falsificação de documento público.

Chefe

Conforme a Polícia, o chefe dessa ramificação da quadrilha seria um dos líderes do PCC no Ceará, ‘Vagner Coiote’. No entanto, as investigações apontam que acima dele na hierarquia do bando criminoso estaria Rafael Alves da Silva, o ‘Rafael Xilito’. Ele comanda as ações do grupo de dentro da cadeia. Os dois permanecem no presídio. ‘Vagner Coiote’ está na cadeia desde junho e já teve dois pedidos de liberdade negados pela Justiça.

No último dia 2 de setembro, equipes da DRFVC prenderam sete pessoas integrantes de outra célula do bando comandado por ‘Rafael Xilito’, num sítio, em Eusébio. Uma mulher que seria uma espécie de secretária de Rafael foi detida.

Na ocasião das prisões, o titular da DRFVC, delegado Fernando Cavalcante, disse não ser possível indicar a quantidade de pessoas que fariam parte da quadrilha por conta das ramificações. Em setembro, o delegado sugeriu que ‘Xilito’ fosse transferido para um presídio federal porque ele comanda as ações criminosas mesmo preso. Ontem, a Secretaria de Justiça e Cidadania (Sejus) informou que ele permanece recolhido em um presídio da Região Metropolitana de Fortaleza (RMF).

Diário do Nordeste