Ubajara Notícias

Menor que perdeu bebê após injeção em SP piora e está em estado crítico

Jovem está internada na UTI do Hospital Irmã Dulce, em Praia Grande (Foto: Arquivo Pessoal)
Jovem está internada na UTI do Hospital Irmã Dulce, em Praia Grande (Foto: Arquivo Pessoal)

A família da jovem que estava grávida e perdeu o bebê após tomar uma injeção em um Pronto Socorro de Praia Grande, no litoral de São Paulo, afirma que o médico da menor de idade apontou um erro da equipe que aplicou a injeção na adolescente e que resultou na morte da criança. Nicole Di Silvério dos Santos, de 15 anos, continua internada na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do hospital Irmã Dulce e seu estado é crítico.

Segundo a mãe da jovem, Vanessa di Silvério, sua filha, que sofre de bronquite asmática, deveria receber uma medicação diluída no soro. No entanto, a medicação foi aplicada diretamente na veia da adolescente.

“Conseguimos [o receituário] com o médico responsável pelo pré-natal dela. Já desconfiava, mas ouvi da boca dele [médico] que houve um erro e o medicamente deveria ser diluído no soro”, afirma Vanessa.

A mãe da jovem ainda reclama da falta de informação por parte da administração pública. Ela afirma ter feito diversas reclamações na ouvidoria do município.

“Desde o dia 21 de setembro estamos correndo para lá e para cá para tentar descobrir o que realmente aconteceu. Conseguimos descobrir sozinhos qual foi o medicamento. Ninguém nos dá uma resposta e queremos uma solução”, desabafa.

UTI
Nicole está respirando por aparelhos na UTI do hospital e passando por hemodiálise, por conta de problemas nos rins. O estado da jovem é considerado crítico pelos médicos.

Na última segunda-feira (26), a família da jovem recebeu a notícia de que ela acabou perdendo o bebê.

“Os médicos me disseram que alguns órgãos dela [Nicole] apresentaram problemas, e o bebê não resistiu. Há pouco tempos tínhamos descoberto o sexo. Era uma menina e já tinha até nome: Vitória”, lamenta a mãe da adolescente.

Em nota, a Secretaria de Saúde Pública (Sesap) de Praia Grande informou que prestou todo atendimento necessário à paciente e que está dentro dos padrões estipulados pelos órgãos reguladores da saúde.

A administração explica ainda que a falta de ar de Nicole devido à bronquite se acentuou rapidamente o que piorou o quadro clínico. A paciente foi encaminhada para o Hospital Irmã Dulce. A Sesap esclarece também que ainda que vai investigar o caso.

G1