Ubajara Notícias

Médico e Cuca descartam influência de maratona em lesão de Jesus

O atacante Gabriel Jesus, do Palmeiras, deixou o campo da arena gremista aos 29 minutos do segundo tempo do duelo contra o time gaúcho, neste domingo, pelo Brasileirão. Ele sentiu dores no músculo adutor da coxa esquerda (região da virilha). Segundo o médico Rubens Sampaio, a lesão nada tem a ver com a maratona a que o jogador foi submetido durante a semana.

Na terça-feira à noite, a estrela do Verdão foi titular do Brasil contra a Colômbia, pelas Eliminatórias da Copa, em Manaus. Jogou até os 40 minutos do segundo tempo. No dia seguinte, embarcou no jatinho do presidente do Palmeiras, Paulo Nobre, e entrou no segundo tempo do clássico contra o São Paulo.

Gabriel Jesus sai de maca; Grêmio x Palmeiras (Foto: Futura Press)
Gabriel Jesus deixa o gramado da arena do Grêmio de maca (Foto: Futura Press)

– Ele sentiu a virilha. Não tem a ver com fadiga. Os índices dele estavam absolutamente normais – afirmou o Sampaio, logo após o jogo contra o Grêmio.

Cuca reforçou o discurso do médico palmeirense. O treinador afirma que o jogador descansou bem nos últimos dias e entrou em campo no Sul em plenas condições.

– Neste momento, as pessoas oportunistas podem falar que “colocou o guri para jogar 40 minutos (contra o São Paulo, apenas 24 horas após o jogo da Seleção)”. Hoje é domingo, ele descansou quinta, sexta e sábado. Não deixei ele trabalhar sequer um período. A fisiologia do Palmeiras é muito boa e nos deu o menino de 19 anos com 100%. Lesão pode acontecer com qualquer um. Pode ser que não tenha nada e que quarta-feira ele jogue – disse o treinador.

Gabriel será submetido a exames nesta segunda-feira para saber se terá condições de enfrentar o Flamengo, quarta, na arena.

Globo Esporte