Regina Casé e Globo terão que pagar R$ 2,5 milhões em indenização à família de garoto vítima de câncer

A apresentadora Regina Casé juntamente com a TV Globo foram condenadas pelo Tribunal de Justiça de São Paulo por danos morais e terão de pagar indenização de aproximadamente R$ 2,5 milhões aos pais de um garoto vítima de câncer. De acordo com o colunista Leo Dias, a emissora teria feito uso indevido de imagens da criança no “Esquenta”, programa comandado por Regina.

Segundo a setença, que ainda cabe recurso, em novembro de 2015, a imagem do menino de oito anos foi usada no programa por 12 minutos ininterruptos, causando sofrimento aos pais da criança, que passaram a ser abordados constantemente por conhecidos. “Houve, então, exploração indevida da imagem do menor, com a finalidade de entreter”, aponta a sentença.

O garoto morreu cinco dias após o episódio ir ao ar. Para o colunista, Regina Casé afirmou que não era sua responsabilidade pedir autorização aos pais dos menores para gravar qualquer coisa e que a família chegou a manter contato com ela depois da participação no programa, chegando inclusive a participar da edição especial de fim de ano.