Intriga entre casais termina no assassinato de mãe e filho de 11 anos no Ceará

Um homem de 33 anos e sua amante, de 23 anos, estão presos na Região dos Inhamuns sob a acusação de terem mandado matar  uma família inteira (pai, mãe e filho). O atentado ocorreu na noite da última quinta-feira (1º) na zona rural de Parambu (a 390Km de Fortaleza). Mãe e filho acabaram assassinados a tiros. Apenas o pai conseguiu escapar, mas está baleado  e hospitalizado. O crime ocorreu por contada de uma inimizade entre os dois casais (mandantes do crime e as vítimas).

Era por volta de 20 horas de quinta-feira,  quando Edmilson Fernandes Matias, 35 anos, conhecido como “Pixilinga”, transitava numa motocicleta juntamente com a esposa, Marleide Souza Pereira, 33 anos; e o filho do casal, Edilson Pereira Matias, de 11 anos.  Os três seguiam por uma estrada na localidade de Catolé, na zona rural de Parambu.

Acabaram caindo numa emboscada na estrada, onde pistoleiros já aguardavam a passagem da família. Muitos tiros foram disparados no local. Os três (pai, mãe e filho) foram baleados. A mulher e o marido chegaram a ser socorridos para o Hospital Doutor Cícero Ferreira Filho, em Parambu. Marleide, porém, não resistiu, morrendo na Emergência.  O esposo foi transferido para o Hospital Doutor Alberto Feitosa, em Tauá, onde permanece.

Já o menino Edilson, foi encontrado morto no quintal de uma residência próxima ao local do tiroteio, para onde correu quando os tiros começaram a ser efetuados pelos matadores.

Prisões

Ainda na noite de quinta-feira, policiais militares do Batalhão Raio prenderam os mandantes das execuções. Ricardo Vieira de Oliveira, 33 anos; e sua amante, Risoneide Bezerra Pereira, 33, são apontados como os responsáveis pelo crime. Contrataram os pistoleiros para matar “Pixilinga” a esposa e o filho do casal.  O casal mora na localidade de Gato, próximo à Catolé, onde aconteceu o crime

Conforme a Polícia, havia uma rixa acirrada entre os casais desde quando “Pixilinga” descobriu que Ricardo estava tentando manter um caso com sua esposa, Marleide. Os dois se tornaram inimigos e as ameaças passaram a ser freqüentes entre os dois casais, culminando no duplo  assassinato.

Os dois suspeitos foram encaminhados para a Delegacia Regional de Polícia Civil da cidade de Tauá (a 337Km de Fortaleza), onde foram autuados em flagrante, por crime de assassinato (duplo), pela delegada plantonista, Ritiane Oliveira da Silva.

A Polícia tenta, agora, identificar e prender os pistoleiros.

Fernando Ribeiro