Acusado de matar ‘Gegê’ e ‘Paca’ no Ceará se entrega à polícia em São Paulo

Um dos dez acusados de matar os líderes da facção criminosa Primeiro Comando da Capital (PCC), Rogério Jeremias de Simone, o ‘Gegê do Mangue‘, e Fabiano Alves de Souza, o ‘Paca‘, no Ceará, se entregou à Polícia Civil de São Paulo, na tarde da última quinta-feira (25). Antes, apenas um denunciado tinha sido localizado pela polícia.

André Luis da Costa Lopes, vulgo ‘Andrezinho da Baixada’, se entregou à Delegacia de Guarujá, acompanhado de um advogado. A 1ª Vara da Comarca de Aquiraz – onde transcorre o processo por homicídio qualificado – emitiu uma certidão para informar que foi comunicada da apresentação do acusado e que enviou a cópia do mandado de prisão preventiva que estava em aberto para São Paulo.

‘Andrezinho da Baixada’ foi acusado de homicídio qualificado, organização criminosa e concurso de pessoas pelo Ministério Público do Ceará (MPCE). Segundo a denúncia, ele foi de helicóptero até o local do crime e desferiu disparos de arma de fogo que mataram ‘Gegê’ e ‘Paca’, em uma reserva indígena, em Aquiraz, no dia 15 de fevereiro deste ano.

O único acusado pelo duplo homicídio que já se encontrava detido era o piloto Felipe Ramos Morais.

Confira a lista de acusados pelo crime:

Gilberto Aparecido dos Santos, o ‘Fuminho’ –  homicídio duplamente qualificado, organização criminosa, falsificação de documento e concurso de pessoas

Erick Machado Santos, o ‘Neguinho Rick da Baixada‘ – homicídio duplamente qualificado, organização criminosa, falsificação de documento e concurso de pessoas

Tiago Lourenço de Sá de Lima – homicídio duplamente qualificado, organização criminosa, falsificação de documento e concurso de pessoas

André Luís da Costa Lopes, o ‘Andrezinho da Baixada‘ – homicídio qualificado, organização criminosa e concurso de pessoas

Ronaldo Pereira Costa – homicídio qualificado, organização criminosa e concurso de pessoas

Carlenilto Pereira Maltas, o ‘Ceará’ – homicídio qualificado, organização criminosa e concurso de pessoas

Renato Oliveira Mota – homicídio qualificado, organização criminosa e concurso de pessoas

Felipe Ramos Morais – homicídio qualificado, organização criminosa e falsificação de documento

Maria Jussara da Conceição Ferreira Santos – homicídio qualificado e organização criminosa

Jefte Ferreira Santos – homicídio qualificado e organização criminosa

Diário do Nordeste